quinta-feira, 16 de abril de 2009

E as arveres somos nozes...

Cirurgiões na Rússia acreditavam que iriam retirar um tumor do pulmão de um paciente de 28 anos.
No entanto, eles encontraram uma planta de cerca de 5 centímetros crescendo no interior do órgão do paciente.
O incidente ocorreu na região dos Urais, segundo o diário "Komsomolskaya Pravda".
Artyom Sidorkin reclamava de dor no peito e relatava aos médicos que tossia sangue.
"Quando me disseram que haviam encontrado uma árvore no meu pulmão, pisquei e acreditei que estava delirando", conta Sidorkin.
Os médicos acreditam que Sidorkin tenha inalado uma semente de um abeto - uma árvore conífera comum na América do Norte, Ásia e Europa -, que depois começou a brotar em seu pulmão.





"Pô Doutor, quebra um galho aí pra mim"







E pela foto incluída na notícia, os médicos decidiram arrancar metade do pulmão do cara para preservar a vida da plantinha...

seja o primeiro a comentar!